Segmentação do Mercado de Turismo na África

segmentação do turismo
6 minutos para ler

A classificação dos segmentos turísticos em determinado destino ou região pode ser feita de acordo com diversos parâmetros: interesses, nível sócio-econômico, aspectos culturais, geográficos, duração, meio de transporte, faixa etária. Neste post, simplificamos a segmentação do turismo na África, com o objetivo de esclarecer quais são, o que oferecem e como podemos atuar em cada um deles.

Segmentação: um mero instrumento de marketing ?

Muitas empresas de turismo se apresentam como especialistas em determinados segmentos. Em alguns casos, esta vinculação está relacionada a modismos ou conveniências.

O segmento de luxo é um deles. Apresentar-se como especialista deste segmento é conveniente, uma vez que o retorno é maior e trata-se de um público menos sujeito a crises econômicas. Para quem não é expert no destino, é bem mais fácil e seguro oferecer uma propriedade 5* do que aquele hotel sensacional em termos de custo x benefício. Conhecer o segmento de luxo é uma obrigação do profissional da área, por isso sempre desconfie das empresas que se apresentam como especialistas neste segmento.

Outro segmento que reúne oportunismo é o ecoturismo. Com crescimento sólido há décadas, desperta o interesse de empresas que buscam uma fatia deste amplo mercado, sem conhecer de forma adequada o impacto no destino e o produto ofertado. O especialista deste segmento necessita de conhecimento, experiência e comprometimento com critérios de sustentabilidade.

A Atlantic Connection Travel é especialista no destino, na área geográfica em que atuamos desde 1996: África Meridional, África do Leste, África do Norte e Ilhas do Índico. Por questões comerciais, não oferecemos produtos em todos os segmentos nestes destinos, mas como especialistas, temos a obrigação de conhecer a fundo todos eles.

Qual a importância em conhecer os segmentos turísticos de uma região ou destino ?

Nossos roteiros, sejam personalizados ou regulares, independentes ou em grupo, com as mais diversas construções logísticas, são compostos por experiências em diversos segmentos. Para clientes ou grupos com interesses específicos, elaboramos roteiros temáticos com foco direcionado.

Numa mesma viagem, nosso cliente pode se hospedar em luxuosa vila na mais exclusiva ilha do Índico, fazer uma escalada, um safári de balão, aprender kitesurf, avistar baleias e jantar em uma vinícola com gastronomia premiada. Este é o nosso conceito de “viagens de alto padrão”: nos nossos destinos, somos especialistas em cada detalhe.

Conhecer alguns dos segmentos disponíveis na África e o perfil de interesses de cada cliente permite um planejamento de roteiro com maior profundidade e detalhe. Na relação simplificada abaixo, sem pretensão de ser completa, identificamos com (*) os segmentos que não são oferecidos pela ACT.

Classificação prática: os segmentos turísticos na África

1.Viagens de Lazer

1.1. Viagens de luxo

O segmento de alto luxo possui várias ramificações, e na África as propriedades que privilegiam o barefoot luxury e as experiências de natureza estão na vanguarda. Todo o sul e leste da África, bem como as ilhas do Índico, são expoentes mundiais neste segmento.

1.2. Viagens enogastronômicas

Toda a região de Cape Town e vinícolas (Stellenbosch, Franschhoek e vizinhas) atraem visitantes do mundo todo devido à qualidade de sua gastronomia e dos seus vinhos.

1.3. Viagens Self-drive

Roteiros com locação de automóvel na África do Sul são nossa marca registrada e atuamos neste segmento com pioneirismo. Permitem roteiros diferenciados, autonomia e flexibilidade. Também são possíveis na Namíbia, Botswana, Lesoto e Esawatini (Swazilândia).

1.4. Viagens de aventura

Cape Town, Garden Route e Victoria Falls são tradicionais centros de atividades de aventura e esportes radicais. Também incluímos roteiros em veículos 4×4 no sul e leste da África neste segmento, bem como escaladas e trekkings praticados em parques nacionais e reservas.

1.5. Viagens ecológicas

O safári e as principais atividades de natureza, encontradas em praticamente todos os destinos da África, compõe as viagens com temas ecológicos.

1.6. Viagens esportivas

Cape Town é um centro de eventos esportivos como a Two Oceans Marathon e o Cape Town Cycle Tour. Também é um centro de esportes náuticos como kitesurf e windsurf, a exemplo de Mauritius e Zanzibar. A maioria das ilhas do Índico são renomados centros de mergulho.

1.7. Viagens culturais

Centros culturais se espalham por toda a África evidenciando a rica história do continente, etnias e temas específicos, como a luta de libertação e independência em vários países, o período de apartheid na África do Sul, o expansionismo português, a civilização egípcia e muitos outros.

1.8. Viagens religiosas

A religião islâmica concentra pontos de peregrinação e interesse no Egito, Sudão e Marrocos, mas o principal destino religioso da África é Lalibela na Etiópia, com suas incríveis igrejas esculpidas na rocha e festivais ortodoxos.

1.9. Viagens backpackers e camping *

A África do Sul é um dos países mais preparados do mundo para o mercado backpackers e camping, com excelente estrutura em ambos os segmentos. Embora não faça parte dos nossos produtos, confira nosso post sobre o tema.

2. Viagens Educacionais

2.1. Cursos de inglês

Cape Town é um centro internacional de cursos de inglês e atrai estudantes de todas as partes do planeta. O estilo de vida, natureza, praias e opções de lazer incentivam a escolha do destino, bem como a qualidade das escolas, como a International House Cape Town.

2.2. Cursos acadêmicos *

A qualidade e diversidade de universidades sul-africanas como a UCT (University of Cape Town), Stellenbosch, Witwatersrand e Pretoria também atraem estudantes estrangeiros, tanto para cursos de graduação, pós e especialização.

2.3. Voluntariado *

Oportunidades de trabalho voluntário são oferecidas por empresas especializadas neste mercado e por escolas de idiomas. As ofertas de trabalho vão desde apoio a creches e comunidades carentes até treinamentos em parques nacionais e reservas.

2.4. Viagens Jovens

Roteiros em grupo para viagens de formatura ou combinações de viagens culturais, esportivas e cursos de inglês são comuns na África do Sul e especialmente indicadas ao público jovem.

3. Viagens Corporativas

3.1. Viagens de Negócios

A África é um pólo de atração consolidado de delegações empresariais, comerciais ou técnicas, empreiteiras, produções de mídia, missões religiosas ou assistenciais e órgãos do governo.

3.2. Viagens de Incentivo

A África do Sul é um dos destinos preferenciais para viagens de incentivo em todo o mundo: câmbio favorável, infraestrutura impecável para eventos e experiências singulares conectadas à natureza.

3.3. Feiras e Eventos

Centro de excelência em diversos segmentos de negócios, a África do Sul hospeda a maioria dos eventos, em centros de convenções de renome internacional, com toda infraestrutura, segurança e conforto. 

Quer entender melhor as possibilidades de viagem com a ACT para a África ?

Entre em contato conosco agora mesmo !

Adriano Lucchesi é administrador de empresas (FGV), MBA em economia do turismo (FEA-USP), fundador da Atlantic Connection Travel (1996) e da ACT Afrika Tours & Safaris (2009), operadoras de viagem especializadas em África e Ilhas do Índico, com sedes em São Paulo, Cape Town e Odessa.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Translate »